Sobre

“Uma casa que, por mais visitada, estará sempre vazia. Por mais que convidados passeiem pelos mesmos corredores e tropecem em alguma mobília antiquada, eles não escutarão os passos um do outro. Será apenas o silêncio.

Sintam-se em casa.”

285772_605937226099617_2103135520_n

Sou mulher. Professora. Escritora às vezes. Narradora sempre. Tenho comigo um companheiro, duas gatas e uma cachorra. Muitos alunos. Conquistei algumas pessoas que, não sei porquê, me amam. E outras, e isso eu sei bem o porquê, conquistaram meu amor. Sou feminista. Sou gamer. Baterista profissional no xbox. Sou ateísta também.

Prazer,

Virgínia Celeste Carvalho

16 pensamentos sobre “Sobre

    • estranho? não, afinal escuto isso o tempo todo. mas desproporcional, sim. afinal estamos falando de dois grupos com percurso Histórico, força política e econômica bem distintos. Também não vejo o mundo em binarismos: ou é isso ou é aquilo. Quando homens e mulheres tiverem os mesmos direitos, inclusive os mesmos medos… afinal um homem numa ruela escura não anda com medo de ser estuprado, embora ande como eu com medo de ser assaltado. um homem não precisa ter medo do pai, irmão, daquele cara que todo mundo acha legal… nós mulheres temos, porque, em números, a violência contra mulheres é feita por pessoas próximas e até queridas das vítimas.

      aproveitando para deixar claro que meu feminismo não é transfóbico, nem racista, nem com traços de lesbifobia, ou classicista. Me entendo com privilégios dentro do próprio feminismo, porque não sofro violência que outras mulheres, minhas irmãs, sofrem por estarem em outros grupos minoritários.

      é isso.

      • Poxa, legal, eu esperava que você nem me respondesse rsrsrsr …

        Eu sou contra a violência à mulher e a todas as outras formas de violência e incompreensão, acho legal que o mundo tenha pessoas com opiniões e ideias diferentes, parabéns.

  1. Oi Vergínia, adorei o seu site e principalmente o nome. Casa Inabitada é você, sou eu, é o outro, o mundo que não se cala dentro da gente, aquele oco desconhecido de nossa alma. De lá vêm as coisas mais lindas e mais feias, que fazem nascer a cultura, a arte, a religião e a filosofia. Inspirador, consolador e terrificante é ser esta casa inabitada. Parabéns pelo site. Ronaldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s