No Túnel: Maconha, Cerveja, X-tudo e Bupropiona, mas não nessa ordem (e talvez no plural) e não nesse texto.

Texto muito bom, sobre “O Túnel”, de Ernesto Sábato.

Xohq

Li (,reli e reli de novo) recentemente o “O Túnel” de Ernesto Sábato.

Comprei meses atrás para compor minha estante motivado pela empolgação de uma querida amiga. Na verdade, a empolgação era tanta que me levantou suspeita na mesma medida do interesse. Por via das dúvidas, adicionei o título a biblioteca do Apocalipse Zumbi. Publicado para venda em bancas de jornal, creio que pela segunda vez, não tive dó em gastar os trocados: é barato pelo que promete.

vol1

Fica o lembrete de que eu não ligo para “spoiller”, e, portanto, não cuidarei de evita-los. Se você quer descobrir sozinho quem foi o mordomo que matou, não continue lendo.

De uns tempos para cá entrei na onda de ler os livros da minha estante. Embora isso pareça uma coisa boba, para mim é estranho. Quer dizer, há muito eu apenas acumulo livros sobre livros e leio um ou outro.Numa maré de…

Ver o post original 1.312 mais palavras

Anúncios

Um pensamento sobre “No Túnel: Maconha, Cerveja, X-tudo e Bupropiona, mas não nessa ordem (e talvez no plural) e não nesse texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s